Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

Papa diz que destruição de embriões e eutanásia são contra a justiça sanitária

Papa diz que destruição de embriões e eutanásia são contra a justiça sanitária

 

 

Por Redação - 18.11.2010 às 10:49:00 - 56 Views CIDADE DO VATICANO, 18 NOV (ANSA) - O papa Bento XVI condenou hoje no Vaticano o uso de técnicas artificiais de reprodução e a destruição de embriões, ou a "eutanásia legalizada", em discurso de boas-vindas aos participantes da 25ª Conferência Internacional do Pontifício Conselho da Pastoral para os Agentes de Saúde.

 

A "chamada 'saúde reprodutiva', com o recurso de técnicas artificiais de procriação que envolve a destruição de embriões, ou a eutanásia legalizada, fere e é contrária à justiça sanitária", colocou Bento XVI em texto lido pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone.

 

O Pontífice defendeu que "a justiça sanitária deve estar entre as prioridades na agenda dos Governos e das Instituições Internacionais". "Infelizmente, ao lado de resultados positivos e encorajadores, existem opiniões e linhas de pensamento que a ferem", lamentou ele.

 

Segundo Joseph Ratzinger, "o amor à justiça, à tutela da vida desde sua concepção até o término natural, o respeito da dignidade de cada ser humano, são sustentados e testemunhados, mesmo na contracorrente: os valores éticos fundamentais são patrimônio comum da moral universal e base da convivência democrática".

 

O líder máximo da Igreja Católica destacou que "é necessário operar com maior compromisso em todos os níveis para que o direito à saúde seja garantido, favorecendo o acesso aos cuidados sanitários primários".

 

"A saúde é um bem precioso para a pessoa e a coletividade a ser promovida, conservada e tutelada, dedicando meios, recursos e energias necessárias para que mais pessoas possam usufruir", escreveu ele no documento.

 

Bento XVI destacou que "infelizmente, ainda hoje existe o problema de muitas populações do mundo que não têm acesso aos recursos necessários para satisfazer as necessidades básicas, particularmente no que se refere à saúde".

 

"Na nossa época, assistimos, de um lado, uma atenção à saúde que corre o risco de se transformar em consumismo farmacológico, médico e cirúrgico, tornando-se quase um culto ao corpo, e por outro lado, a dificuldade que milhões de pessoas sofrem em ter acesso a condições de sobrevivência mínima e a remédios indispensáveis para se curarem", disse o Papa.

 

 

publicado por emtudoavontadedeus às 16:39
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. logotipo sapo

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Himno de La Liturgia de l...

. O menino que conseguiu fa...

. Ou se está com Jesus, ou ...

. Há homens que dizem: se D...

. «Poderemos ficar no céu, ...

. Advertência da incompatib...

. A parte mais bonita, a pa...

. "A imensidade de Deus é a...

. Médico ao remover seus ov...

. A MELHOR CANÇÃO PARA DEUS...

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.contador de visitas

estatisticas gratis

. logotipo sapo