Quinta-feira, 14 de Junho de 2012

Ao sair, escreve C. S. Lewis, não acreditava que Jesus Cristo fosse o Filho de Deus, "e quando chegamos ao zoológico eu já acreditava".

ReligionenLibertad.com


C.S. Lewis é também autor de Crônicas de Nárnia

O livro "Cristianismo Puro e Simples" de C.S. Lewis, completa 70 anos e sua influência hoje é difícil de exagerar

O teólogo Scott Hahn, o genetista Francis Collins ou os Cursos Alpha beberam deste livro que ainda hoje se lê com abundância e também se pode escutar no YouTube.


Pablo J. Ginés/ReL - 13 junho 2012 -


Em 1942, em plena Guerra Mundial, C. S. Lewis começou a irradiar pela BBC uma série de palestras sobre religião que logo se converteríam em um dos livros cristãos mais influentes do século XX e talvez também do XXI: "Mere Christianity" (Cristianismo Puro e Simples).

C. S. Lewis era filólogo, intelectual, professor de Oxford, um enamorado da literatura medieval, dos contos de fadas e da mitologia nórdica. E se converteu ao cristianismo.

A conversão de um ateu
Em 1913, quando tinha 15 anos, abandonou a tíbia fé cristã de sua família. Até 1929, com 31 anos, não aceitava o teísmo. Sua viajem detalhado se pode ler em "Cativado pela Alegria": "me rendi, e admiti que Deus era Deus, e me ajoelhei e rezei", explica a partir desse momento.

Porém ainda não acreditava nos ensinamentos do cristianismo. Isso chegou dois anos depois, em 1931, depois de um longo passeio numa tarde de Setembro com J. R. R. Tolkien e seu amigo comum Hugo Dyson. Falaram de como os mitos pagãos e o desejo do hombre prefiguram uma realidade que se cumpre de verdade, realmente, em Jesus Cristo. No dia seguinte daquela conversa, Lewis se converteu à fé cristã. Saiu com seu irmão de motocicleta até o zoológico. Ao sair, escreve, não acreditava que Jesus Cristo fosse o Filho de Deus, "e quando chegamos ao zoológico eu já acreditava".

Tolkien, com' O Senhor dos Anéis', chegaria a milhões de pessoas. Lewis o faria com suas 'Crônicas de Nárnia'. Ambos são clássicos já, não envelhecem e tocam inumeráveis corações de cada geração.

Porém a nível religioso, as conversas radiofônicas de Lewis que faz 70 anos deram um fruto especial levando a fé à muita gente, que por sua vez influenciou à muitas outras pessoas.

Um livro que gera evangelizadores
Assim, Scott Hahn, famoso autor de "Roma doce lar" e "A fé é razoável", aceitou plenamente o cristianismo em sua juventude e realizou sua primeira oração adulta de aceitação de Cristo depois de ler "Cristianismo Puro e Simples".

O recentemente falecido Charles Colson, que seria fundador do extenso movimento evangélico 'Prison Fellowship', prêmio Templeton e um dos grandes promotores da Declaração de Manhattan e da iniciativa Evangélicos e Católicos Unidos, sempre a favor de alianças pela vida e pelos valores, se converteu no cárcere, lendo 'Cristianismo Puro e Simples'.

Tocou à cientistas e filósofos
Francis Collins, um dos líderes do projeto Genoma Humano, designado por Barack Obama para dirigir os Institutos Nacionais de Saúde de Maryland, pilar da investigação e gestão sanitária nos estados Unidos, era um jovem ateu até que, depois de morrerem seus pais, se converteu lendo "Cristianismo Puro e Simples". Escreveu o livro "A linguagem de Deus", sobre como o que a ciência vai descobrindo é compatível com a postura cristã.

Já nos tempos de C.S. Lewis, o filósofo e divulgador inglês C.E.M. Joad, muito popular por seus programas radiofônicos na BBC, retornou à fé cristã, em parte, pelos escritos e pelos debates públicos de Lewis. Escreveu "The Recovery of Belief" sobre sua volta ao cristianismo pouco antes de morrer em 1953.

Cursos Alpha e o trilema
Os Cursos Alpha de nova evangelização, que nasceram na Igreja Anglicana, usam com frequência idéias e argumentos de C.S. Lewis a quem recomendam continuamente, especialmente por seu livro 'Cristianismo Puro e Simples'. Alpha chega a muitos milhões de pessoas em todo o mundo e sempre cita a Lewis.

Dele toma a abordagem do "trilema": ou Cristo era um louco, ou era um vigarista ou, se diz a verdade, é quem diz ser: Deus feito homem!

Convertendo blogueiras de hoje
Inclusive em pleno século XXI se segue dando casos influentes, como o da famosa blogueira Jennifer Fulwiler, que abandonou o ateísmo depois de ler dois livros de ex-ateus: 'The case for Christ', de Lee Strobel, e 'Cristianismo Puro e Simples', de Lewis, como explicou em Conversion Diary. Jennifer escreve agora seu blog no National Catholic Register, seguido por milhares de leitores, visitado por dezenas de ateus cada dia, e suas idéias e testemunho ressoam com força na Internet católica.

Não é estranho que na revista 'Christianity Today' figurasse como o terceiro livro do século XX mais influente entre os evangélicos, sobre uma lista de 50 (outros dois livros de Lewis apareciam na lista).

Teria que ver também seu efeito entre os católicos, ainda que Hahn ou Fulwiler não teriam chegado ao catolicismo sem passar por este livro de Lewis, que até sua morte se manteve anglicano "de centro", com paixão evangélica mas com gosto pela sacramentalidade anglo-católica.

Seu secretário Walter Hooper, que se converteu ao catolicismo depois da morte do escritor, cre que provavelmente Lewis o teria feito dada a desvio estranho do anglicanismo com suas sacerdotisas e teologia liberal.

É possível encontrá-lo íntegro por capítulos na Internet, mas é um livro que requer certa tranquilidade e é melhor lê-lo no papel e levá-lo no bolso, à praia, etc...

"Cristianismo Puro e Simples" no YouTube
Também é possível escutá-lo lido na Internet em inglês no YouTube. Em espanhol da América se pode escutar em www.proyeccioncreativa.com/cslewis/mc .

Tem muito sentido este formato, posto que nasceu como uma conversa radiofônica. Engomar ou lavar enquanto se escuta a Lewis é uma experiência que pode mudar vidas.

Há quem diz que o livro não é muito eficaz para ateus que nunca tiveram relação com ou cristianismo o ateus militantemente hostis contra a fé. Em troca, parece ser especialmente bom com aqueles que estão em uma situação parecida a do jovem Lewis: gente que acreditava saber algo da fé até sua adolescência e depois a descartou, sem apenas conhcê-la, que é o caso mais comum no Ocidente.

Aos 70 anos de sua emissão entre as bombas nazis, "Cristianismo Puro e Simples" não envelheceu nada, robustece a fé dos que duvidam e abre novos horizontes aos que se fazem perguntas. Combinado com outras grandes obras de Lewis, como as Crônicas de Nárnia e as "Cartas do Diabo ao seu sobrinho", fornece uma impressionante dieta ao pensamento e à imaginação.

Gostou desse artigo? Comente-o com teus amigos e conhecidos:
http://religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=23147

 

J. R. R. Tolkien

publicado por emtudoavontadedeus às 00:22
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. logotipo sapo

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Himno de La Liturgia de l...

. O menino que conseguiu fa...

. Ou se está com Jesus, ou ...

. Há homens que dizem: se D...

. «Poderemos ficar no céu, ...

. Advertência da incompatib...

. A parte mais bonita, a pa...

. "A imensidade de Deus é a...

. Médico ao remover seus ov...

. A MELHOR CANÇÃO PARA DEUS...

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.contador de visitas

estatisticas gratis

. logotipo sapo