Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

Um desejo mal canalizado de paternidade deriva na destruição e manipulação de muitos seres humanos.

 

Algumas notas sobre adoção e fecundação "in vitro".

Enrique Agrafe: http://www.aciprensa.com/vida/fecundacion/adopcion.htm


Eu ouvi que algum Ministério pensa facer uma campanha sobre a adoção com um lema parecido a algo assim como "uns pais para uma criança, e não uma criança para uns pais".

A frase me parece muito acertada e creio que chega num momento adequado.

Vou esclarecer que considero que na maioria dos casos a adoção supõe um ato de generosidade dos adotantes, tirando o adotado de situações de marginalidade social.

No entanto, nestes momentos de exaltação de possuir material, pode dar-se o caso de que quem sabe alguém considere os filhos como um bem a mais para adquirir, e por essa disposição para pagar o preço têm direito.

Nestes casos, uma vez mais se esquece da condição de pessoa desse "objeto" a adquirir. E como tal pessoa, sendo o indivíduo mais fraco, o Estado e a sociedade devem atuar para que prevaleçam os direitos dessas crianças.

Como? Pois buscando a melhor situação familiar possível para elas. Desde esse ponto, chama a atenção que determinados coletivos reclamem seu "direito" para adotar.

Como se pode negar a uma criança o crescer numa família completa com pai e mãe? Se poderia alegar que muita gente perdeu o pai ou a mãe durante a infância e que teve um desenvolvimento psicológico completo. De acordo, mas também hoje em dia muitas deficiências físicas conseguem compensar-se e adaptar-se à uma vida normal e não por isso vamos buscá-las intencionalmente.

Além disso, algum órfão pode sustentar sinceramente que não tivesse preferido ter um pai e uma mãe que lhe proporcionassem carinho? Que alguma vez em sua vida não achou triste aquele pai ou mãe ausente?

A concepção errônea possessiva da paternidade se pode manifestar em outras situações. Há casais que reclamam seu direito de tentar os meios como a fecundação in vitro como sistema para ter filhos. Inclusive, já que o consideram um direito, defendem a idéia de que a Saúde pública o financie.

De novo, se antepõem os desejos desses indivíduos aos direitos essenciais da pessoa.

A fecundação in vitro supõe, como o nome indica, a união do óvulo e do espermatozóide fora do ventre materno, e o desenvolvimento das primeiras fases desse novo ser num laboratório, o qual propicia que a maior parte dos embriões (seres humanos desde o momento da concepção apresentam definidas todas as potencialidades sendo necessário só o crescimento sem nenhuma mudança essencial para converter-se em adultos humanos) sejam armazenados deixando-os à destruição, à manipulação ou à experimentação.

Já pararam para pensar nisto?



Surprendentemente, um desejo mal canalizado de paternidade deriva na destruição e manipulação de muitos seres humanos, convertendo a esse novo ser (supondo que esses pais estjam incluídos nos 20% de casais que obtém êxito com estas técnicas) em um mero objeto de transação econômica.

É curioso como o desconhecimento, muitas vezes propiciado por uma manipulação dos meios de comunicação, convertem a esses possíveis futuros pais nos maiores inimigos de seus filhos.

Fonte: http://www.arbil.org/

publicado por emtudoavontadedeus às 21:12
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. logotipo sapo

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Himno de La Liturgia de l...

. O menino que conseguiu fa...

. Ou se está com Jesus, ou ...

. Há homens que dizem: se D...

. «Poderemos ficar no céu, ...

. Advertência da incompatib...

. A parte mais bonita, a pa...

. "A imensidade de Deus é a...

. Médico ao remover seus ov...

. A MELHOR CANÇÃO PARA DEUS...

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.contador de visitas

estatisticas gratis

. logotipo sapo