Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

O que precisamos pregar para as pessoas é a conversão. Precisamos compreender que estamos neste mundo para fazer a vontade de Nosso Senhor.

 

 

Padre Paulo Ricardo em Missa de abertura do Acampamento para as Famílias

 

Jesus precisa ser interpretado, por isso o Evangelho de hoje tem esta frase: "Prestai atenção no que ouvis" (Marcos 4,24).

 

 O Senhor é muito claro ao querer que as pessoas saibam interpretar Seus sinais, pois elas querem um Jesus que resolva todos os seus problemas, como se Ele estivesse ali apenas para realizar milagres. Jesus tem muito medo de ser interpretado assim, por isso foge para o deserto.

 

 Ele diz: "Tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto" (Marcos 4,22).

Jesus Cristo não é o Messias esperado [pelo povo da época], mas o inesperado.

 

 Ele é mais do que um Messias, é o próprio Deus que se fez homem. Se você já tem fé em Jesus como Messias, então receberá ainda mais fé n'Ele.

 

 Mas se não a tiver, será tirado de você o pouco que tem. Herodes, por exemplo, queria que Jesus fizesse uma mágica, um milagre. Mas quando vê um sujeito desfigurado pela surra que levou, pobre e maltrapilho, fica decepcionado. Então, ele [Herodes] O chama de louco, pois tinha uma fé num rei feiticeiro.

Jesus quer ser pregado por nós. Mas precisamos prestar atenção em como O estamos pregando, porque, infelizmente, na Santa Igreja Católica, há pessoas que não estão sabendo apresentar Jesus verdadeiramente.

 

 Há igrejas por aí que andam pregando a teologia da prosperidade, ou seja, pregam um Jesus que apenas faz milagres, um taumaturgo.

 

Existem pregadores que não pedem a conversão de seus fiéis, não perguntam se eles amam a Deus; simplesmente lhes perguntam: "O que querem? Pagar suas dívidas? Ser ricos? Arrumar uma namorada bonita? Então, paguem seu dízimo, deem-nos muito dinheiro que vocês serão curados.

 

Se vocês são generosos com Deus, Ele será generoso com vocês e vai atender os seus pedidos". Nessa igreja, a oração é "seja feita a minha vontade".

Infelizmente, há pessoas, dentro da Igreja Católica Apostólica Romana, fazendo esse tipo de coisa também. Mas Deus não é brincadeira; Ele não está a nosso serviço.

 

O que precisamos pregar para as pessoas é a conversão. Precisamos compreender que estamos neste mundo para fazer a vontade de Nosso Senhor. E a vontade d'Ele é que estejamos no céu. Estamos aqui para salvar as nossas almas; é isso o que Deus quer de nós.

Isso não quer dizer que Jesus não faça milagres; Ele os faz mesmo quando é mal-interpretado, mas o que o Senhor quer que entendamos é o significado desses milagres, pois eles são sinal de que o Amor Eterno se importa conosco, quer o nosso bem maior. Mas qual é o nosso bem maior? É salvação eterna, o paraíso. Para que você não pense que essa é a minha interpretação, a minha ideia, convido-o para ler o Catecismo da Igreja Católica.

 

 

 

Vai perguntar pra quem celebrou 50 anos de casado. Quantas vezes esses esposos tiveram que perdoar um ao outro, se não com palavras, com gestos. Isso é uma aliança, ou seja, "não importa o que acontecer eu não te abandono". Família é vinculo.

 

O apelido que deram para a relação de conveniência é união estável, isto é um eufemismo para rebaixar a família. Nos fomos chamados por Deus para uma aliança que não se acaba, mas isso só acontece quando eu tenho alma. Quando eu me rebaixo a um animal, eu não posso ter uma família.

 

O céu é uma aliança de amor, uma aliança eterna de união extraordinária com Deus, porque Deus é vínculo, Deus não desiste de mim, Deus me ama apesar de mim.

 

 Ele fez uma aliança de amor por mim, ele não quer me perder de jeito nenhum, pois Deus arriscou tudo por mim, Ele colocou todas as "cartas na mesa", derramou todo o Seu Sangue e, neste Sangue, Ele quis fazer de nós uma família.

 

E para ficar bem claro ele chamou Maria e João e, a partir da cruz disse: "Mulher eis ai o teu filho, filho eis aí tua Mãe".

 

O inimigo quer que nós nos usemos, como se faz com a laranja: chupa, tira todo sulco e joga o bagaço no lixo.

Para você que está numa união estável, lembra-te de que você tem uma alma, você foi feito para uma aliança, para um pacto, um pacto feito a partir da cruz.

 

Você não é um animal, você tem uma alma capaz de amar, uma alma que é capaz de derramar o seu sangue pela pessoa. Case-se, saia desta bobagem de experimentar um ao outro.

 

Você não é uma lâmpada para ser testada, você é uma pessoa para ser amada. Não faça teste, porque Deus derramou o seu sangue numa cruz para nos fazer família.

 

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso

 

Fonte: http://www.cancaonova.com.br/

 

 


publicado por emtudoavontadedeus às 13:15
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. logotipo sapo

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Himno de La Liturgia de l...

. O menino que conseguiu fa...

. Ou se está com Jesus, ou ...

. Há homens que dizem: se D...

. «Poderemos ficar no céu, ...

. Advertência da incompatib...

. A parte mais bonita, a pa...

. "A imensidade de Deus é a...

. Médico ao remover seus ov...

. A MELHOR CANÇÃO PARA DEUS...

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.contador de visitas

estatisticas gratis

. logotipo sapo